a
HomeNotíciasCondsef/FenadsefApontada para março plenária nacional da maioria dos federais

Apontada para março plenária nacional da maioria dos federais

Direção Executiva define calendário de atividades que inclui seminário de organização sindical e define XIII Concondsef para novembro

 

Em meio a anúncios e mudanças dos primeiros dias de governo Bolsonaro que afetam bastante o setor público, a direção Executiva da Condsef/Fenadsef promoveu a primeira reunião desse ano nessa terça-feira, na seda da entidade, em Brasília. Um calendário de atividades para o primeiro trimestre foi definido. Também foi definida data para o XIII Concondsef, maior instância deliberativa da base da Confederação realizada de três em três anos. O Congresso, que define também a nova direção da entidade para o próximo triênio (2020-2023), acontece entre os dias 17 e 21 de novembro com local ainda a ser confirmado.
 
Para o primeiro trimestre estão confirmadas reuniões do Conselho Deliberativo de Entidades (CDE) e Direção Nacional nos dias 22 e 23 de fevereiro. A Condsef/Fenadsef também participa de reunião ampliada do Fonasefe. Também em fevereiro estão previstas eleições no Sintsef-CE e Sindsep-MA. Já em março um seminário de organização sindical da base da Condsef/Fenadsef acontece nos dias 15 e 16. Uma plenária nacional da base da Confederação está indicada também para março. 

Com a plenária, a base da Condsef/Fenadsef deve eleger a pauta prioritária da maioria dos servidores federais. A entidade vai solicitar uma reunião com o novo secretário de Gestão do governo Bolsonaro, nomeado na semana passada, Wagner Lenhart. Objetivo será buscar um canal de diálogo para retomar negociações buscando cumprimento de pautas ainda pendentes e demandas centrais para melhorar a administração pública e com isso os serviços prestados à população. “Muitas políticas públicas importantes são conduzidas pelos servidores que estão prontos a contribuir e apontar melhorias necessárias também para uma gestão eficiente”, destaca Sérgio Ronaldo da Silva, secretário-geral da Condsef/Fenadsef. “Nosso foco está na valorização dos servidores e dos serviços públicos”, pontuou. 

Resoluções

A Executiva também apontou prioridades no debate jurídico sobre a situação dos planos de saúde de autogestão. Um debate sobre Funpresp e Sistema Previdenciário também deverá fazer parte da agenda de atividades desse primeiro trimestre. A orientação a todas as filiadas é acompanhar o cenário político atual e se organizar em torno das atividades tanto com perspectivas de ações específicas como de interesse geral, como é o caso da reforma da Previdência que segue ameaçando a categoria.

 

Fonte: Condsef/Fenadsef

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.