a
HomeNotíciasIncraAssentadas catarinenses recebem R$ 1 milhão em créditos para investimento na produção

Assentadas catarinenses recebem R$ 1 milhão em créditos para investimento na produção

Mais de R$ 1 milhão serão injetados na economia de Abelardo Luz, no Oeste catarinense, com a liberação de créditos para agricultoras assentadas da reforma agrária. A cerimônia para entrega dos cartões bancários de 30, das 350 contempladas com o Crédito Fomento Mulher, aconteceu no último sábado (3), na Câmara Municipal de Vereadores.
Helena Salete Santana foi uma das assentadas presentes e comemorou a chegada do benefício que, no valor individual de R$ 3 mil, é concedido pelo Incra às mulheres titulares dos lotes para fomento à produção. “É um bom recurso, que veio numa boa hora porque precisávamos para comprar adubo para plantar”, disse. Para o prefeito Wilamir Cavassini, os recursos beneficiam não somente as agricultoras, mas todo o município. “Acredito que 90% desse valor deverá ser gasto em nosso comércio, então quem ganha com isso é toda a sociedade, principalmente os produtores que farão o investimento”, apontou.
Os recursos serão aplicados em projetos específicos de acordo com as características de cada lote, elaborados a partir do evento do Programa Ação e Cidadania, realizado em dezembro passado em Abelardo Luz. “Estamos colhendo agora os resultados do atendimento, em que detectamos quais políticas públicas poderiam ser destinadas a cada assentado”, revela o superintendente regional do Incra em Santa Catarina, Nilton Tadeu Garcia.
 
Contratos
Na cerimônia, além dos créditos, o superintendente entregou 30 Contratos de Concessão de Uso (CCU) para agricultores assentados. Segundo Garcia, a entrega foi uma amostra entre mais de uma centena de CCUs já emitidos em nome dos assentados do município. Estes documentos se somam agora aos 1.695 CCUs entregues pelo Incra/SC em 2017, num esforço pela regularização da documentação nos assentamentos.
O Contrato de Concessão de Uso (CCU) transfere o imóvel rural ao beneficiário da reforma agrária em caráter provisório e assegura aos assentados o acesso à terra, aos créditos disponibilizados pelo Incra e a outros programas do Governo Federal de apoio à agricultura familiar. É o primeiro documento oficial, que antecede o Título de Domínio (TD), instrumento que transfere o imóvel rural ao beneficiário da reforma agrária em caráter definitivo.
 
Assessoria de Comunicação Social – Incra/SC
comunica.sc@fns.incra.gov.b
twitter.com/incrasc
facebook.com/incrasc
(48) 3733-3557
Fonte: INCRA/SC
Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário