a
HomeNotíciasBancada de representantes do funcionalismo pode ir contra reforma

Bancada de representantes do funcionalismo pode ir contra reforma

A nova bancada na Câmara dos Deputados de representantes do funcionalismo público federal pode ser uma pedra no sapato na tramitação da Reforma da Previdência que trata das mudanças de regras das aposentadorias dos servidores. Segundo levantamento feito pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), a quantidade de deputados ligados às categorias dobrou em quatro anos. Em 2014, foram eleitos 35 deputados que defendiam as propostas de interesse dos funcionários da União. A partir do ano que vem serão 70 parlamentares com esse perfil.

Conforme os dados do departamento, metade das cadeiras da Câmara Federal será ocupada por deputados eleitos que são ligados à área de Segurança Pública, entre policiais militares, federais, civis e rodoviários ou mesmo militares. Muitos deles foram beneficiados pela campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Desse total, 22 eleitos são da legenda do novo presidente que ganhou o segundo turno no último domingo.

A tendência é que principalmente esse grupo de parlamentares pressione o presidente eleito pela manutenção das regras de aposentadoria dos servidores públicos.

Da segurança

Os servidores públicos foram uma das categorias que mais lutaram contra a Reforma da Previdência durante o governo Michel Temer. E agora, muitos dos deputados eleitos este ano, e principalmente os que são ligados ao setor de Segurança Pública, serão os interlocutores próximos do Poder Executivo na gestão de Jair Bolsonaro. E deverão pressionar para que as regras atuais das aposentadorias sejam mantidas.

Recenseamento

O governo do Rio apresenta hoje detalhes do recenseamento obrigatório para funcionalismo. A atualização de dados começa a partir de novembro. O projeto será coordenado pela Secretaria Estadual de Fazenda e pelo Rioprevidência. Os esclarecimentos sobre os procedimentos que deverão ser adotados pelos servidores serão prestados pelo secretário de Fazenda, Luiz Cláudio Gomes, e o diretor-presidente do Rioprevidência, Reges Moisés.

Outubro Rosa

Servidores da Prefeitura do Rio terão de hoje até quinta-feira programação voltada à prevenção do câncer de mama. Aberta aos ativos, inativos e pensionistas do município, amanhã haverá palestra “A Prevenção do Câncer de Mama”, em dois horários: às 14:30 e às 15:30, no auditório do Centro Administrativo, no subsolo do Bloco 1. Uma unidade móvel estará disponível no estacionamento externo hoje, amanhã e quinta. O servidor pode aferir glicemia, pressão e IMC.

 

Fonte: Max Leone, O Dia

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.