a
HomeCovid-19Brasil ultrapassa marca de 50 mil mortes por covid; foram 632 óbitos neste domingo

Brasil ultrapassa marca de 50 mil mortes por covid; foram 632 óbitos neste domingo

Dados do Conselho Nacional de Secretarias de Saúde revelam que país teve 17.304 novos casos, totalizando 1.084.883

 

O Brasil ultrapassou a marca de 50 mil mortes por coronavírus neste domingo (21) de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conas). Foram registrados 632 óbitos nas últimas 24 horas e 17.304 novos casos.

:: A Covid na Semana | Um milhão de infectados no Brasil e novo alerta mundial ::

Na última sexta-feira (19) o país atingiu um milhão de pessoas infectadas por coronavírus, foram 50 mil novos casos registrados no dia. Com os dados deste domingo, são 1.084.883 casos e 50.608 mortes por covid-19 no país.

:: Leonardo Boff: “Coronavírus é uma resposta do planeta” ::

Por estados, São Paulo é a região que mais registra infecções pela doença, são 219.185 pessoas infectadas e 12.588 morreram em decorrência do vírus. Depois vem o Rio de Janeiro, com 96.133 casos e 8.875 óbitos. O Ceará é o terceiro estado, com 92.866 casos e 5.523 mortes.

Protestos pela saúde

O domingo foi marcado por protestos dos profissionais de saúde no país todo. As principais reivindicações eram de melhores condições de trabalho para categoria, defesa do SUS (Sistema Único de Saúde) e contra as atitudes do governo no combate à pandemia. As manifestações foram organizadas por entidades ligadas ao setor, como Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares e Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia.

:: Por todo o Brasil profissionais da saúde realizam manifestações em defesa do SUS ::

Pelo menos 20 estados registram atos que não se concentraram apenas nas capitais. Cidades como Canindé (CE), Caruaru (PE), Pacaraima (RR) e Ilhabela (SP) são alguns exemplos.

As entidades organizadoras do ato lançaram um manual com orientações gerais para os manifestantes que foram às ruas neste domingo, como usar máscara o tempo todo, óculos de proteção ou protetores faciais, álcool em gel e manter a distância mínima de dois metros em relação aos outros manifestantes.

:: Brasil é recordista mundial em mortes de profissionais de enfermagem por covid-19 ::

Manifestações contra e a favor do governo também ocorreram no domingo, porém em menor número em relação ao que  vinha ocorrendo nas últimas semanas. Cidades como Brasília (DF), São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG) e Rio Janeiro (RJ) registram atos dos dois grupos. 

:: Polícia realiza mandado de busca e apreensão em QG do grupo “300 do Brasil”, no DF ::

E São Paulo, a Justiça Federal determinou que grupos favoráveis e contrários a Bolsonaro revezem a realização de atos na Paulista aos domingos. Por isso, hoje, somente um grupo de cerca de 200 manifestantes pró governo se reuniu em frente à sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O que é o novo coronavírus?

É uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos, os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a síndrome respiratória aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.


  • Capa: Elineudo Meira
  • Edição: Lucas Weber

Fonte: Rede Brasil Atual

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.