a
HomeNotíciasGovernoGoverno Bolsonaro tem 99 militares na gestão de órgãos socioambientais

Governo Bolsonaro tem 99 militares na gestão de órgãos socioambientais

A Funai, o Ibama e o ICMBio concentram a maior parte dos 99 militares na gestão de órgãos socioambientais: 33, 19 e 17, respectivamente

 

O governo Jair Bolsonaro nomeou 99 militares  em cargos comissionados de órgãos de gestão socioambiental. A Funai, o Ibama e o ICMBio concentram a maior parte desses servidores: 33, 19 e 17, respectivamente. Os demais estão no Ministério do Meio Ambiente (13), na Secretaria de Saúde Indígena (6), no Incra (5), no Ministério da Agricultura (3), na Funasa (2) e na Fundação Palmares (1).

Os dados foram obtidos via Lei de Acesso à Informação, por meio do projeto Achados e Pedidos dentro do Monitor de Dados Socioambientais, desenvolvido pela Transparência Brasil e pelo Fiquem Sabendo, com financiamento da Fundação Ford. 

De acordo com informações publicadas pela Coluna do Estadão, entre os 99 militares, quase a metade é do Exército (49 servidores). Também há 28 ex-policiais militares, sendo 16 Polícia Militar de São Paulo.

A grande maioria dos militares nos órgãos de gestão ambiental é da reserva, assim como no primeiro escalão do governo, em que 11 ministro das Forças Armadas também estão nessa situação. Dos ministros, apenas dois não são do Exército (Bento Alburquerque, de Minas e Energia, e Marcos Pontes, de Ciência e Tecnologia).
———————————————————-
  • Capa: PR | TC Blondé/Exército Brasileiro

Fonte: Brasil 247

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.