a
HomeNotíciasNegrosMartin Luther King é assassinado

Martin Luther King é assassinado

Em 04 de abril de 1968, o líder pacifista do movimento negro dos Estados Unidos foi assassinado a tiros por um opositor

 

Martin Luther King foi um dos maiores líderes contra a opressão racial. Pastor norte-americano, Luther King recebeu o prêmio Nobel da Paz em 1964. Formado em teologia e doutor em filosofia, iniciou suas atividades como pastor na capital do estado do Alabama.

O pastor liderou um grande boicote contra a segregação racial depois que Rosa Parks se recusou a ceder seu lugar para um branco em um ônibus. O movimento durou quase um ano e King chegou a ser preso. Com a mobilização, a Suprema Corte americana decidiu pelo fim da segregação racial nos transportes públicos.

Martin Luther King se dedicou a lutar pelas liberdades civis dos negros, participando de inúmeros protestos, marchas e passeatas. O pastor buscava direitos civis por vias pacíficas, tendo como referência o líder indiano Mahatma Gandhi. Preso e torturado várias vezes, Luther King se tornou um grande líder dos movimentos negros.

Em 1963, uma manifestação pelo fim do preconceito e da discriminação racial em Washington reuniu 200 mil pessoas. Na ocasião, Martin Luther King fez um discurso que entrou para a história. “Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados pelo caráter, e não pela cor da pele”, disse o líder.

Dessas manifestações nasceram a lei dos Direitos Civis, de 1964, e a lei dos Direitos de Voto, de 1965. Em 04 de abril de 1968, o líder pacifista do movimento negro dos Estados Unidos foi assassinado a tiros por um opositor.

 

  • Capa: Martin Luther King recebeu o prêmio Nobel da Paz em 1964 / Reprodução, Internet

Fonte: Opinião e Notícia

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.