a
HomeMeio AmbienteMinistro Salles desfere novo ataque contra servidores da Area Ambiental

Ministro Salles desfere novo ataque contra servidores da Area Ambiental

O Sindsep-DF vai entrar com ação na Justiça contra o ministro Ricardo Salles que em debate no programa  Jornal  Jovem Pan na quinta-feira (8), atacou os servidores do ICMBio, afirmando que o órgão serve apenas de cabide de empregos

 

O Sindsep-DF vai entrar com ação na Justiça contra o ministro Ricardo Salles que em debate no programa  Jornal  Jovem Pan na quinta-feira (8), atacou os servidores do ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, afirmando que o órgão serve apenas de cabide de empregos. “Este é mais uma afirmação absurda desse desgoverno de Bolsonaro, que cumpre o propósito de fortalecer o desmonte do serviço público, especialmente, neste caso, das instituições governamentais responsáveis pela proteção ao meio ambiente”, afirma o secretário-geral do Sindsep-DF, Oton Pereira Neves, que lembra que os servidores do ICMBio, bem como do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e do próprio Ministério do Meio Ambiente, são em sua maioria concursados, com exceção do cargos de livre provimento, dos quais quem dispõe neste momento é o governo Bolsonaro.

Assista ao vídeo:

O sindicato alerta que a intenção de Salles e Bolsonaro é enfraquecer esses órgãos para permitir a construção de empreendimentos nas chamadas APPs – Áreas de Preservação Permanente com vegetação nativa, como restingas, manguezais e mananciais urbanos, é para isso quer colocar o povo brasileiro contra o funcionalismo público. “Estamos atentos a todas as ações desse governo, e vamos continuar combatendo-o, seja politicamente, seja na Justiça”, garante Neves.

Em tempo, vale esclarecer que o ICMBio é responsável por editar normas de gestão de Unidades de Conservação federais; propor sua a criação e regularização fundiária. O Instituto também deve contribuir para a recuperação de áreas degradadas em Unidades de Conservação, fiscalizar e aplicar penalidades em função do descumprimento das normas ambientais. “São os servidores do ICMBio que estão trabalhando arduamente no combate aos incêndios florestais nas áreas de conservação federais localizadas no Pantanal Matogrossense”, afirmou o secretário-geral.


 

Fonte: Sindsep-DF

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.