a
HomeNotíciasNovo coordenador de Gestão de Pessoas na Saúde afirma que negociação continua

Novo coordenador de Gestão de Pessoas na Saúde afirma que negociação continua

 Condsef/Fenadsef, CNTSS e Fenasps vão encaminhar relatório com principais pendências e demandas dos trabalhadores do setor da saúde. Problema com laudos que barraram pagamento do adicional de servidores que trabalham em área insalubre é prioridade

 

Representantes da Condsef/Fenadsef, CNTSS e Fenasps participaram de reunião com o novo coordenador de Gestão de Pessoas do Ministério da Saúde, Ademir Lapa. Tendo uma mesa de negociação permanente muito dinâmica e atuante, servidores da area da saúde estavam apreensivos sobre a continuidade do trabalho. Lapa afirmou que a Mesa de Negociação Permanente do Ministério da Saúde continua. O novo coordenador solicitou que as entidades encaminhem até essa sexta-feira, 25, a pauta de reivindicações dos trabalhadores do setor.

Hoje, 22, os representantes da categoria já se reuniram na sede da Condsef/Fenadsef, onde trabalham na elaboração desse documento. Expectativa é assegurar um calendário de reuniões para debater temas pendentes e buscar solução para pontos que afetam o setor. As entidades já adiantaram ao coordenador o problema urgente detectado no pagamento da insalubridade de alguns servidores.

Uma falha na renovação de laudos técnicos barrou o pagamento e servidores buscam também compromisso do governo de receber esses valores retroativos. As entidades solicitaram ainda que o Ministério da Saúde entre em contato com o Ministério da Economia para encontrar uma solução rápida para que o problema seja imediatamente sanado e não se prolongue. Os servidores estão mobilizados. As entidades alertaram para a possibilidade de paralisação de atividades caso o adicional de insalubridade continue não sendo pago.

Nesse período de infestação de Dengue e Chikungunya a população pode sair prejudicada. A expectativa é de que uma solução rápida seja dada ao caso. O coordenador pediu até sexta para dar retorno da situação. Mesmo com uma solução administrativa sendo buscada, a Condsef/Fenadsef alerta as entidades filiadas que sigam buscando também na Justiça o pagamento da insalubridade.

Outros temas como tempo especial e planos de saúde devem ser abordados nas próximas reuniões. Para a Condsef/Fenadsef a continuidade das negociações é positiva e a expectativa é de que os trabalhos sigam na direção da busca de consensos e encontro da solução de problemas administrativos e do atendimento de demandas urgentes da categoria.

 

  • Capa: Lapa (de gravata) com representantes das entidades / Foto: Pedro Mesidor, Fenasps

Fonte: Condsef/Fenadsef

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.