a
HomeNotíciasPM envolvido na morte de mulher arrastada por viatura ganha cargo no Rio

PM envolvido na morte de mulher arrastada por viatura ganha cargo no Rio

O capitão da Polícia Militar Rodrigo Medeiros Boaventura foi nomeado superintendente de Combate aos Crimes Ambientais da Secretaria Estadual de Ambiente e Sustentabilidade (Seas) do Rio de Janeiro. As informações são das colunista Berenice Seara, do jornal Extra, e do jornal O Globo.

Rodrigo Boaventura era um dos agentes envolvidos na morte de Claudia Silva Ferreira, que foi baleada e posteriormente arrastada pelas ruas por uma viatura da polícia há seis anos.

Na época, ele ainda era tenente e comandava a patrulha que realizou a operação no Morro da Congonha, em Madureira, no dia do homicídio.

De acordo com a colunista, Rodrigo Boaventura estava neste ano entre os 233 capitães considerados aptos a atuar na área correcional da corporação, e passou a investigar as mortes cometidas por colegas em operações.

Questionada sobre a nomeação de um policial que responde por homicídio, a Seas respondeu que “Rodrigo Boaventura responde a processo e não existe nenhuma condenação”.

O órgão é responsável pelo “planejamento, coordenação e execução nas ações de combate aos crimes ambientais, integrando os órgãos públicos responsáveis pela fiscalização ambiental das três esferas do governo”, segundo o site da secretaria.
———————————————————————————————–
Fonte: Redação, IstoÉ
Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.