a
HomeNotíciasDireitosSC participa do Grito dos Excluídos e protesta contra governo Bolsonaro

SC participa do Grito dos Excluídos e protesta contra governo Bolsonaro

Em Santa Catarina, trabalhadores e estudantes se vestiram de preto e foram às ruas em Florianópolis, Blumenau, Criciúma, Joinville e Chapecó

 

Neste sábado (7) manifestantes em todo o país participaram do 25º Grito dos Excluídos, manifestação realizada anualmente por movimentos populares no Dia da Independência do Brasil. O tema central dos protestos deste ano foi “Este sistema não vale, lutamos por justiça, direitos e liberdade”, denunciando os crimes socioambientais e os ataques aos direitos dos trabalhadores promovidos desde 2016.

Em Santa Catarina, trabalhadores e estudantes se vestiram de preto e foram às ruas em Florianópolis, Blumenau, Criciúma, Joinville e Chapecó para protestar em defesa da soberania nacional e contra a Reforma da Previdência, os cortes na Educação, a destruição da Floresta Amazônica e todos os ataques promovidos por Bolsonaro.

  

Em Florianópolis os manifestantes começaram a se concentrar no início da manhã em frente à Catedral. Vestidos de pretos e alguns com a cara pintada de verde e amarelo, os estudantes e trabalhadores saíram em marcha pelas ruas do centro carregando faixas e cartazes em defesa da educação, da soberania nacional e da previdência e gritando palavras de ordem contra o atual governo.

 

Grito dos Excluídos em Chapecó

 

Em Chapecó, os manifestantes desceram a avenida e ocuparam o desfile oficial para protestar contra a nomeação do novo reitor da UFFS, Marcelo Recktenvald, contra a reforma da Previdência e os desmandos do governo Bolsonaro. Os militantes pararam em frente ao palanque oficial. As autoridades que ali estavam, desceram repudiando a atitude. A organização do evento tocou o Hino Nacional como protesto e os manifestantes cantaram o Hino junto com todos que lá estavam.

Grito dos Excluídos em Joinville 
Manifestação em Joinville

 

 

Joinville também teve manifestação do Grito dos Excluídos. Os trabalhadores e estudantes caminharam do Sesc até o Centreventos com faixas contra a Reforma da Previdência, em defesa da educação e por mais direitos.

Grito dos Excluídos em Criciúma

 

Em Criciúma os manifestantes ocuparam o espaço do desfile oficial da independência e marcharam com faixas em defesa da educação, da previdência e contra os ataques aos direitos dos trabalhadores.

Grito dos Excluídos em Blumenau

Em Blumenau, militantes dos movimentos social e sindical participaram do desfile oficial levando faixas e cartazes com as pautas do Grito dos Excluídos. 

A primeira edição do Gritos dos Excluídos foi realizada em 7 de setembro de 1995 em 170 do país, uma iniciativa das pastorais sociais da igreja católica. O tema principal se relacionava com o da Campanha da Fraternidade – “Eras Tu, Senhor”, voltado aos esquecidos da sociedade.

 

Fonte: Pricila Baade, CUT-SC

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.