a
HomeNotíciasTemer veta limite a financiamento, favorecendo milionários nas eleições de 2018

Temer veta limite a financiamento, favorecendo milionários nas eleições de 2018

Não há mais limite para auto-financiamento nem para o financiamento por milionários. A decisão de Temer favorece Doria, Luciano Huck, Mabel e tantos outros milionários direitistas que acumulam fortunas com a exploração dos trabalhadores e com dinheiro da corrupção.

 

Temer sancionou com alguns vetos a reforma política aprovada pelo Congresso, entre os principais vetos está a censura a publicações na internet e o limite ao financiamento de campanha. O auto-financiamento tinha um teto de R$ 200mil e o financiamento por outra pessoa não podia exceder 10 salários mínimos. Agora não há mais limite. Doria e Luciano Huck, Blairo Maggi e outros direitistas milionários devem estar comemorando desde ontem à noite.

Com esse veto presidencial milionários poderão se favorecer ainda mais no pleito do ano que vem. Luciano Huck e outros empresários já montaram um fundo para ajudar políticos que sejam de seu agrado político e ideológico. Agora, sem teto de contribuições, podem eles mesmo se auto-financiarem.

Esses vetos e a sanção presidencial concluem a maior parte da reforma política que pode ser aplicada nas eleições do ano que vem. Em meio a diversas medidas aprovadas que dificultam a criação de novos partidos, uma clausula de barreia que procura excluir da TV partidos como PCB, PSTU e PCO, o último capítulo é este cheque em branco para milionários poderem usar o dinheiro que acumularam fruto da exploração dos trabalhadores e da corrupção. Assim podem tentar garantir que as urnas deem um resultado que seja a imagem e semelhança da elite brasileira.

  • Capa: Paulo Whitaker

Fonte: Esquerda Diário

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário