a
HomeView All Posts

Ao Brasil de Fato, Angela Mendes explica a aliança criada com o cacique Raoni contra retrocessos do governo Bolsonaro   À beira do rio Xingu, no estado do Mato Grosso, nasceu uma nova frente em defesa do meio ambiente e dos povos da floresta. No último dia 15 de janeiro, ao lado do cacique Raoni, Angela Mendes, filha do líder seringueiro Chico Mendes, e a indígena Sônia Guajajara oficializaram uma aliança contra as políticas adotadas por Jair Bolsonaro (sem partido) nas áreas ambiental

Postura radical do governo federal não se resume à declaração do ex-Secretário Especial de Cultura, Roberto Alvim. Frequentes afirmações de ódio de Bolsonaro a comunistas e perseguição a movimentos sindicais e sociais coaduna com discurso nazista   O discuso do ex-Secretário Especial da Cultura, Roberto Alvim, causou indignação popular, especialmente entre judeus radicados no Brasil, entretanto, a política de ultradireita que incita a violência e o silenciamento da oposição é a base do governo de Jair Bolsonaro. "Muita gente tem

"Não é todo dia que coloco a tefilin em cima do número de Auschwitz", diz o rabino David Weitman logo depois da breve cerimônia, em uma sinagoga na região central de São Paulo, em 11 de novembro de 2019. "E é a primeira vez que faço isso em alguém dessa idade. É muito emocionante. Os nazistas se foram, mas nós estamos aqui."   O tefilin citado por Weitman são tiras de couro tradicionalmente colocadas no braço de meninos judeus que, ao completar

O presidente da Funarte, Dante Mantovani, já fez vídeos onde diz que o rock leva às drogas e ao satanismo   Bandas de rock foram proibidas em edital da Funarte, divulgado nesta quarta-feira (22). O edital, para distribuição de instrumentos de sopro, é referente ao Prêmio de Apoio a Bandas de Música 2020. Nenhum outro gênero musical foi vetado explicitamente. O presidente da Funarte, nomeado em fevereiro, é o maestro Dante Mantovani (foto), que também é youtuber. Em seu canal ele faz comentários sobre

Para os servidores federais, que contribuem sobre todo o salário, as alíquotas efetivas sobem um bocado   Além dos servidores federais da ativa, os aposentados e pensionistas foram gravemente prejudicados com a aprovação da Reforma da Previdência. Todo servidor aposentado ou pensionista com remuneração ou provento superior ao teto do INSS (R$ 6.101,05) terá aumentada sua contribuição e, portanto, haverá redução no valor líquido que recebe a título de remuneração ou provento. A reforma também retira da Constituição Federal o mecanismo

Reunião será nesta sexta. Novas alíquotas começam a valer em março e chegam a 22%. Categoria quer mobilização antes da entrada em vigor   A partir de março, os novos percentuais de contribuição previdenciária para servidores aposentados começarão a valer. A mudança ocorre após a aprovação da reforma da Previdência, em novembro do ano passado. O funcionalismo promete atos contrários em todo o país e conta com a iminência da entrada em vigor das novas alíquotas para mobilizar mais pessoas. No caso dos

O Ministério Público Federal, por meio do procurador da República Wellington Divino Marques de Oliveira, denunciou hoje (21) o jornalista Glenn Greenwald por crimes relacionados à invasão de celulares de autoridades. O jornalista foi responsável por reportar, inicialmente, o escândalo conhecido como Vaza Jato, que revelou articulações desonestas entre juízes – notadamente o ministro Sergio Moro – membros do MPF e jornalistas. A ação do procurador foi recebida por muitos como ataque à liberdade de imprensa e à Constituição. A Federação

Em Davos, Guedes afirma que o maior inimigo do meio ambiente é a pobreza. Indicadores apontam que o aumento da pobreza no país é reflexo direto das políticas que o ministério dele conduz. Ministro ainda defendeu congelamento do salário dos servidores   Um dos campeões em declarações polêmicas do governo Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje que o maior inimigo do meio ambiente é a pobreza. A fala elitista, feita durante o painel "Formando o Futuro da

Dia nacional de combate a esse tipo de crime foi instituído em 21 de janeiro de 2007, após um atentado em Salvador   Há 20 anos, a Iyalorixá Gildásia dos Santos e Santos, conhecida como Mãe Gilda de Ogum, faleceu em decorrência de um ataque motivado por intolerância religiosa. O atentado teve como alvo o terreiro de Candomblé, Ilê Axé Abassá de Ogum, localizado nas imediações da Lagoa do Abaeté, bairro de Itapuã em Salvador (BA). O templo foi invadido e depredado por fundamentalistas da Igreja Universal do