a
HomeView All Posts

    Trabalhadores e trabalhadoras no serviço público federal da base do Sintrafesc aprovaram, hoje pela manhã, em Assembleia Geral Extraordinária, realizada na sede do Mapa, adesão à Greve Geral do dia 30 de junho. Na próxima terça-feira, dia 27, haverá nova assembleia para os/as demais trabalhadores/as da base do sindicato deliberarem sobre a participação na Greve Geral chamada pelas Centrais Sindicais. Confira o horário e o local da AGE no edital que será publicado no site do Sintrafesc - www.sintrafesc.org.br.   Além da

  Vagner Freitas anuncia paralisações em todo o país e reforça denuncia a ataques golpistas     "O momento não é de negociar redução de danos com golpista que respira por aparelhos e muito menos desistir das mobilizações com a ilusão de que é possível negociar com o governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB) porque estaria fragilizado".   Esse foi o recado dado pelo Presidente Nacional da CUT, Vagner Freitas, durante encontro da direção da Central, nesta quinta-feira (22), em São Paulo, quando a entidade reafirmou

  Revista afirma que as duas centrais desistiram da greve do dia 30, mas elas desmentem   Na tarde desta quinta-feira (22), a Revista Época, das Organizações Globo, anunciou em matéria publicada na coluna Expresso, que após um apelo do governo Temer, a Força Sindical e a UGT teriam desistido da greve geral do dia 30.   Usando um argumento sem sentido, a revista afirma que “os dirigentes das duas centrais sindicais acreditam que a greve se resumiria a um protesto “Fora, Temer” e deixaria

  Para a entidade, a saída para a crise passa pela mobilização social     O presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Dom Sergio da Rocha, defendeu na tarde desta quinta-feira (22) as mobilizações populares contra a retirada dos direitos garantidos e assegurados na Constituição. A nota crítica da entidade foi divulgada em entrevista coletiva no encerramento da reunião do Conselho Permanente da Conferência que aconteceu entre os dias 20 a 22 de junho em Brasília.   Na ocasião o cardeal reiterou

A indignação seletiva contra a corrupção é um fenômeno a ser estudado. O vapor levantado contra Dilma produziu níveis elevados de ultraje moral, enquanto os indícios contra Aécio e Temer não parecem produzir mais do que leves aborrecimentos, como se fossem práticas rotineiras e aceitáveis da vida política. Na esteira de Jock Young, eu diria que o ressentimento das classes médias é um componente explicativo importante para a compreensão do fenômeno. Independentemente de eventuais críticas aos governos do PT (muitas delas

Jornal GGN - O presidente Michel Temer chegou hoje (22) em Oslo, na Noruega, em sua última parte de sua visita diplomática pela Europa. Enquanto isso, cerca de 50 brasileiros planejam um protesto contra o peemedebista em uma das praças da cidade.   Além disso, o país escandinavo fez cobranças ao Brasil a respeito da proteção ao meio ambiente. Na semana passada, Vidar Hegelsen, ministro do Meio Ambiente da Noruega, enviou carta ao seu colega brasileiro, Sarney Filho, manifestando dúvidas sobre a

Comissão de Direitos Humanos da Câmara ouviu vítimas, manifestantes e movimentos sociais. Material será usado em relatório a ser encaminhado para organizações internacionais   Brasília – Parlamentares, representantes da sociedade civil e cidadãos que foram vítimas e socorreram pessoas durante a violência observada durante a manifestação #OcupaBrasília, na Esplanada dos Ministérios, no último dia 24 de maio, avaliaram, ao discutir e rever as cenas do episódio, que a repressão policial observada naquela data consistiu em "um confronto premeditado de forças policiais com

Ameaças ao direito do trabalhador de se organizar devem ser respondidas com unidade e luta   Um dia depois da prisão ilegal do secretário-geral do Sindsep-DF, Oton Pereira Neves, pela polícia do GDF quando convocava servidores para assembleia em frente ao Ministério do Meio Ambiente, as reflexões sobre ampliar a mobilização e unidade da classe trabalhadora em torno da Greve Geral do próximo dia 30 de junho são necessárias. As constantes ameaças ao direito do trabalhador de se organizar livremente devem ser

Plataforma permitirá a diversas organizações pressionarem parlamentares e até ministros do Supremo   A CUT lançou na manhã desta quinta-feira (22), em São Paulo, durante reunião da Direção da Central, a plataforma ‘Na Pressão’ (napressao.org.br) uma ferramenta para cobrar autoridades como parlamentares e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Por meio de e-mail, telefone e das redes sociais será possível enviar mensagens e participar de campanhas cadastras no site. Já estão no ar as mobilizações de combate às reformas Trabalhista e Previdenciária e

O Sintrafesc repudia a prisão arbitrária, na manhã desta terça-feira, 20, em Brasília, do companheiro Oton Pereira Neves, dirigente do Sindsep-DF, enquanto conduzia uma assembleia na frente do MMA. De acordo com a CUT-DF, que também repudiou a prisão, o agente policial alegou que não poderia haver som na frente de prédio público. Há anos assembleias e até mesmo piquetes de greves são realizadas no local. A manifestação integrava a programação do “esquenta” nacional, uma série de atividades preparatórias para