a
HomeView All Posts

Um artigo publicado nesta terça-feira (21), intitulado, “Brasil, o novo laboratório do neoliberal”, escrito pelo filósofo Dany-Robert Dufour e os sociólogos Frédéric Vandenberghe e Carlos Gutierrez, faz uma análise ácida sobre a situação atual do Brasil; autores descrevem que com “5% de aprovação, o governo Temer não segue somente sem o apoio do povo, mas sim contra o povo, que perdeu a voz, os direitos e a esperança”; para conseguir seu “golpe de Estado”, Temer se apoiou nos grandes proprietários

Base para a remuneração do servidor é a meritocracia   A Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara aprovou, nesta terça-feira (21/11), o parecer do deputado Evandro Roman (PSD/PR) recomendando a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 400/2014, que institui critérios de remuneração variável no serviço público tendo como base o mérito do servidor. A proposta engloba todos os níveis da administração pública – federal, estadual e municipal. Com a aprovação, agora será criada uma comissão especial específica

No programa Entre Vistas, da TVT, Paulo Cayres mostra que os trabalhadores têm seu projeto para o Brasil e não vão dar trégua ao golpe.   Paulo Cayres, presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM-CUT) foi o convidado do programa EntreVistas, da TVT, que foi ao ar nesta terça-feira (21), às 21h. O sindicalista falou de sua vida e da formação de sua consciência ativista, que o levou à direção do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e à presidência da entidade que agrega outra dezenas

O trabalho intermitente é aquele em que não há uma jornada mínima fixada e o empregado recebe apenas pelas horas trabalhadas. Uma pessoa pode ser contratada por diversas empresas, com registro em carteira, e no final do mês não receber nada, caso não seja chamada por nenhum de seus empregadores.   Se alguém tinha dúvida sobre o caráter lesivo da Reforma Trabalhista, desta vez vai firmar convicção. A medida provisória que alterou alguns pontos da Lei 13.467 deu o tiro de misericórdia

Os efeitos econômicos do golpe são sentidos também na esfera estadual, que voltaram ao patamar da década de 1990, destaca a economista Laura Carvalho; "Em valores nominais, os números indicam uma redução pela metade: de R$ 57,8 bilhões em 2014 para R$ 28,7 bilhões acumulados em 12 meses até junho de 2017."Após subirem de 0,7% para 1,0% do PIB de 2011 a 2014, os investimentos estaduais caíram para 0,4% do PIB em junho de 2017", escreve   Em sua coluna nesta quinta,

A principal novidade é a que permite a inclusão de nomes de pais socioafetivos na Certidão de Nascimento sem necessidade de recorrer ao Judiciário.   A partir do dia 21, os cartórios de registro civil podem começar a adotar os novos modelos de certidões de nascimento, casamento e óbito definidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). As alterações visam a facilitar registros de paternidade e maternidade de filhos não biológicos e regulamentar o registro de crianças geradas por técnicas de reprodução assistida,

O desafio para os trabalhadores e o movimento sindical será enfrentar as adversidades que surgirão com as novas regras e criar capacidades organizativas e estratégias para resistir e avançar. Será necessário apostar que, diante das adversidades, o movimento será capaz de aumentar a representatividade e ampliar a capacidade de luta. Para isso, é preciso mudar.   A Lei 13.467/17, que altera o sistema de relações de trabalho brasileiro, entra em vigor em novembro. Com a nova legislação, várias formas de contrato, jornada

O Sindilegis (Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e Tribunal de Contas da União) tem alertado para os pontos mais nocivos da PEC 287/2016, especialmente a ausência de regra de transição, que foi retirada do texto aprovado na Comissão Especial da Câmara dos Deputados e está pronto para ir a Plenário. Sem essa regra, o servidor que ingressou no serviço público antes de 2003 somente terá integralidade de salário e paridade entre ativos e aposentados se tiver completado a

Mudança na PEC em discussão entre deputados e técnicos estabelece nova contribuição, além dos 14% pagos hoje, para que o poder público elimine deficit nas aposentadorias.   As mudanças que o relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS-BA), fará no texto para que ele seja melhor aceito pelos parlamentares devem ser definidas até amanhã. Mas a Consultoria de Orçamento e Finanças da Câmara, que tem trabalhado na elaboração do novo projeto, adiantou ontem alguns pontos que devem ser priorizados caso

Um levantamento prévio feito pelas entidades reunidas nos principais fóruns de servidores federais do Brasil (Fonasefe e Fonacate) aponta que mais de 5 mil devem participar da caravana em defesa dos serviços públicos que acontece em Brasília no próximo dia 28. Além de diversas categorias de servidores já confirmadas, incluindo setores da base da Condsef/Fenadsef que representa a maioria do Executivo Federal, as entidades trabalham com a possibilidade de adesão também de representantes de movimentos sociais e da sociedade civil