a
HomeNotíciasCondsef/FenadsefCondsef/Fenadsef orienta suspensão da greve na Ebserh após decisão do TST

Condsef/Fenadsef orienta suspensão da greve na Ebserh após decisão do TST

Em vídeo, o secretário-geral parabenizou os empregados da Ebserh que mostraram  um brilhante movimento nessa quinta, 13. A categoria deve se manter em estado de greve e mobilização permanente

 

O secretário-geral da Condsef/Fenadsef, Sérgio Ronaldo da Silva, explicou em vídeo as implicações da decisão proferida pela Tribunal Superior do Trabalho (TST) que acatou pedido da administração da Ebserh e orientou que 80% dos empregados administrativos e 100% dos atendimentos hospitalares fossem mantidos durante greve iniciada nessa quinta, 13, em 17 estados (PB, RN, PI, PR, RJ, AM, MG, BA, GO, SC, TO, ES, RS, MA, SE, MS, CE). Em nova assembleia, os empregados da Ebserh do DF haviam optado por iniciar a paralisação a partir de segunda, 17. A decisão foi considerada desproporcional, mas a orientação é pela suspensão da greve. As entidades devem recorrer já que a greve foi iniciada por descumprimento de requisitos legais que a empresa vem tomando. 

Sérgio Ronaldo parabenizou os empregados da Ebserh que mostraram  um brilhante movimento nessa quinta. A categoria deve se manter em estado de greve e mobilização permanente. “Vamos mostrar para a gestão da empresa. Não são os trabalhadores e a insalubridade o problema, mas sim essa gestão incompetente que não tem respeito pelos empregados e nem pela população atendida pela Ebserh”, pontuou o secretário-geral que participa do processo de negociações como um dos representantes da categoria. 

Nova proposta está em sigilo

A empresa deve apresentar na semana que vem uma nova proposta aos empregados, mas os detalhes segue em sigilo. O secretário-geral da Condsef/Fenadsef adiantou que se a proposta continuar a mexer na regra do adicional de insalubridade será rejeitada novamente. “Não aguentaram nem meia hora de greve”, apontou. 

Representantes dos estados estão preparando recursos para questionar a decisão do TST. “Vamos cumprir a decisão judicial, mas vamos seguir lutando e não vamos nos curvar”, frisou Sérgio. “Parabéns a todos e todas e vamos continuar mobilizados para não perder o foco. Seremos vencedores, não tenho dúvida”, concluiu.

Assista ao informe do secretário-geral da Condsef/Fenadsef sobre decisão do TST:

 


 

Fonte: Condsef/Fenadsef

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.