a
HomeNotíciasGovernoDeputado Rodrigo Agostinho será o novo presidente do Ibama

Deputado Rodrigo Agostinho será o novo presidente do Ibama

Informação foi confirmada por ((o))eco nesta sexta-feira (13). Agostinho assume no início de fevereiro

 

Rodrigo Agostinho, ex-coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista, assumirá o comando do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A informação foi confirmada por ((o))eco na noite desta sexta-feira (13), após a indicação ter sido vazada pela imprensa. 

“Era pra ser uma nota da ministra, mas acabou vazando. Sim, é verdade. Já estou ajudando voluntariamente e logo assumo definitivo”, confirmou Agostinho para a nossa reportagem. 

Formado em direito e em ciências ambientais, Agostinho começou a vida pública no interior de São Paulo, quando foi eleito o vereador mais jovem de Bauru, município onde foi prefeito por duas vezes e secretário municipal de Meio Ambiente. Foi gerente-executivo do Instituto Arapyaú (2016-2018), atuando na área de direito, com ênfase em direito público, administrativo e ambiental. É mestre em Ciência e Tecnologia Ambiental com ênfase em Ecologia da Conservação.  

Durante sua atuação política, foi membro titular do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) por mais de 10 anos e é integrante da Comissão Mundial de Direito Ambiental da IUCN (União Internacional de Conservação da Natureza). Na Câmara, foi coordenador da Frente Parlamentar Ambientalista entre 2020 e 2022, e presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS), entre 2019 e 2021. 

Herança 

Agostinho substituirá o advogado e procurador da AGU Eduardo Fortunato Bim, que foi presidente do Ibama nos últimos quatro anos. Sob seu comando, o Ibama manteve alta rotatividade de cargos nas coordenações responsáveis pela fiscalização ambiental, mudou os processos de cobrança de multas e o órgão passou a atuar menos, principalmente na Amazônia.

O parlamentar deverá assumir o posto no fim do seu mandato como deputado federal por São Paulo, que termina no dia 31 de janeiro. Por enquanto, como já adiantado por ((o))eco, o Ibama está sob comando interino do analista ambiental Jair Schmitt, servidor de carreira do órgão.


  • Capa: Dep. Rodrigo Agostinho (PSB – SP) / Foto: Will Shutter, Câmara dos Deputados

Fonte: Redação O Eco

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.