a
HomeNotíciasEntidades acompanham ao vivo participação de Paulo Guedes na CCJ

Entidades acompanham ao vivo participação de Paulo Guedes na CCJ

O ministro da Economia é aguardado em audiência pública nessa terça, 11, a partir das 10h. Em live, entidades representativas de servidores federais, estaduais e municipais analisam e comentam o debate que acontece na Câmara

 

 

Representantes da Condsef/Fenadsef, Fenasefe, Confetam, CNTSS e CNTE acompanham ao vivo nessa terça-feira, 11, a partir das 10 horas, a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. As entidades que representam servidores federais, estaduais e municipais analisam e comentam os argumentos de Guedes durante audiência pública que discute a admissibilidade da reforma Administrativa. 

A participação do ministro deve acontecer de forma virtual. De início a intenção era convocar Paulo Guedes, o que obrigaria o ministro a comparecer para dar esclarecimentos à CCJ, mas ele foi convidado, após um acordo entre membros da comissão, presidida pela deputada federal Bia Kicis. A presença de Guedes era esperada na semana passada e foi adiada. A expectativa é de que nessa terça o ministro finalmente dê esclarecimentos sobre a PEC 32.

Desde que foi enviada ao Congresso Nacional em setembro do ano passado, o ministro colocou sob sigilo todos os documentos da reforma Administrativa, atitude fortemente criticada pela falta de transparência. Essa é uma matéria com potencial para, na prática, acabar com os serviços públicos, afetando de forma profunda o Brasil e sua população.    

Envie comentários e mostre aos parlamentares que você é contra a reforma Administrativa (PEC 32). Um Brasil sem serviços públicos é um Brasil sem direitos. Procure deputados em seu estado e peça um voto a favor do povo. Vamos juntos barrar esse projeto.

Acompanhe a transmissão AO VIVO de nosso Facebook: 


 

Fonte: Condsef/Fenadsef

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.