a
HomeNotíciasGoverno‘Orçamento secreto’ pode ser trunfo que governo espera para forçar aprovação da PEC 32

‘Orçamento secreto’ pode ser trunfo que governo espera para forçar aprovação da PEC 32

Toda pressão nesse momento é necessária para frear o avanço da reforma Administrativa. Nessa quarta, 8, tem Dia Nacional de Luta em todo o Brasil. Recado aos parlamentares é um só: votou PEC 32, não volta

 

O recuo da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), que alterou entendimento e liberou pagamento das emendas do chamado ‘orçamento secreto’, pode ser o trunfo que o governo esperava para tentar conquistar os votos de que precisa para aprovar a PEC 32, da reforma Administrativa. Apesar de recentemente o líder do governo governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), e o relator da PEC 32 na Comissão Especial, Arthur Maia (DEM-BA), terem declarado que a reforma Administrativa deve ficar só para depois das eleições de 2022, dá para acreditar neles? 

Vale lembrar que em um evento promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) no último dia 30 de novembro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, admitiu que o governo vem usando as emendas parlamentares de relator, que compõem o orçamento secreto, para conseguir apoio para seus projetos. 

Pior proposta já apresentada ao Congresso

A PEC 32, da reforma Administrativa, tira estabilidade do servidor e abre caminho para o apadrinhamento político em cargos públicos, o que facilita a corrupção e também deixa a população sem um atendimento de qualidade. A proposta de Bolsonaro-Guedes é considerada por parlamentares e diversos especialista como a pior já apresentada ao Congresso Nacional sobre Administração Pública.

O governo ainda não possui os 308 votos para aprovar a PEC 32 na Câmara, mas não desistiu de aprová-la. Nossa mobilização e pressão permanentes têm sido elemento essencial para frear o avanço dessa pauta. Se o governo não desistiu de aprovar a reforma Administrativa, nós também não vamos recuar e seguimos nessa luta. Juntos vamos DERROTAR a PEC 32 
 
Dizem que essa reforma irá melhorar o serviços públicos mas na verdade a população brasileira será prejudicada e os servidores públicos desvalorizados.

As portas obscuras da corrupção serão abertas! 

Não podemos permitir a aprovação dessa proposta. Vamos pressionar os parlamentares. Vamos continuar lutando a favor do nosso país e dos nossos direitos. Vamos nos unir a favor da defesa dos serviços públicos!

Se votar, não volta

Nossa vigília permanente e atos em aeroportos e também em municípios de todo o Brasil continuam a todo vapor. Nessa quarta, 8, tem Dia Nacional de Luta com atos em Brasília e nos estados. No dia 11, em Alagoas, haverá ato também para pressionar o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) a desistir de pautar a PEC 32.

Não pode participar das atividades presenciais em sua cidade? Participe também da mobilização virtual! Acesse o observatório da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público.

Veja como votam os deputados e entre em contato com os indecisos pelas redes sociais. Cobre um voto NÃO à PEC 32. O recado segue sendo um só: votou PEC 32, não volta.

Compartilhe. Participe da luta contra a reforma Administrativa e em defesa dos seus direitos. Juntos vamos derrotar a PEC 32. 


 

Fonte: Condsef/Fenadsef

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.