a
HomeNotíciasCUTSábado é dia de ir para as ruas lutar contra os crimes de Bolsonaro

Sábado é dia de ir para as ruas lutar contra os crimes de Bolsonaro

Sérgio Nobre: Em qualquer lugar do mundo, esse presidente já teria sofrido impeachment e cabe à classe trabalhadora mostrar ao país que Bolsonaro precisa sair para retomarmos o desenvolvimento e a democracia

 

Em vídeo, o presidente nacional da CUT, Sérgio Nobre, convoca a militância e toda a população a ir às ruas no dia 24 de julho, nas capitais e cidades do interior dos 26 estados e Distrito Federal, porque “sábado é dia de luta” pelo impeachment do presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL). Assista a íntegra do vídeo no final.

“O momento é muito grave, não podemos nos esquecer, nem por um minuto, que o Brasil ultrapassou meio milhão de mortes por Covid-19, que isso é um genocídio e que esse genocídio premeditado tem um responsável, que é Bolsonaro e seu governo”, afirma Sérgio Nobre.

Leia mais: Já tem atos marcados em mais de 120 cidades do Brasil e do exterior

O presidente nacional da CUT destaca ainda que, por causa da gestão Bolsonaro, o desemprego recorde já atinge mais de um terço das famílias e que hoje três em cada dez brasileiros estão desempregados ou no subemprego ou em desalento (desempregado que desistiu de procurar trabalho).

Em qualquer lugar do Planeta, diz Sérgio NobreBolsonaro já teria sofrido impeachment. “Ele cometeu crime de corrupção, que a CPI da Covid está demonstrando agora, além do genocídio premeditado, o presidente e seu governo são corruptos, os crimes estão claros, o que falta agora é a população nas ruas, exigindo o impeachment”, convoca o presidente nacional da CUT.

Somente a forma irresponsável, negacionista e mentirosa como Bolsonaro vem conduzindo o país nesta pandemia, com o resultado desastroso criticado pelo mundo inteiro, já bastaria para o povo exigir o impeachment, porém há muito mais:

“Bolsonaro ataca os serviços públicos com a famigerada PEC 32 (reforma administrativa), que não tem outro objetivo a não ser desmontar os serviços públicos; ataca a soberania do nosso povo e entrega o patrimônio nacional; fatia a Petrobras e vende a maior empresa brasileira em pedaços para os interesses estrangeiros;  quer entregar o sistema elétrico, privatizar o Banco do Brasil e a Caixa e todos sabemos a importância que as empresas públicas têm para o desenvolvimento do nosso país”, explica Sérgio Nobre

 “A nossa tarefa, convoca o presidente nacional da CUT, é engrossar as mobilizações que vão acontecer em todo o país neste sábado, 24. Eu, aqui em são Paulo, estarei na avenida paulista, de onde acompanharei as manifestações em todo o país”, disse o dirigente. E completou: “não tenho dúvida de que serão atos gigantescos e que a classe trabalhadora vai mostrar ao país e ao mundo que Bolsonaro tem que sair para o Brasil recuperar o caminho do desenvolvimento e da democracia”.

Preserva a vida

A CUT orienta a todos que participarem dos atos usar máscara, levar e usar álcool em gel, manter distanciamento, evitar aglomerações, e seguir os protocolos sanitários, como fez a imensa maioria nas manifestações anteriores.

Assista a íntegra do vídeo:

 

  • Capa: Roberto Parizotti (Sapão)

Fonte: Vanilda Oliveira, CUT

Share With:

andrade@sintrafesc.org.br

Sem comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.